Não é novidade para ninguém que o estilo de vida moderno está mudando, e, com isso, o mercado imobiliário vem passando por mudanças também. Uma das mais notáveis é o crescimento da oferta de imóveis compactos. Em 2018, uma pesquisa do Secovi-SP mostrou que 42,6% dos lançamentos imobiliários na capital paulista foram de apartamentos com menos de 45m².

Quer entender essa tendência? A Verti Imóveis conta mais para você sobre os apartamentos compactos que estão tomando conta do mercado paulistano.

 

Novos perfis de público

A oferta dos chamados studios (apartamentos menores e abertos, sem divisas entre quarto, sala e cozinha) aumentou consideravelmente no mercado imobiliário de grandes cidades nos últimos anos. Segundo especialistas no setor, existem muitos motivos para isso, desde a mudança no perfil de famílias até a valorização da mobilidade e questões econômicas.

Alguns dos principais fatos que geraram esse boom são:

  • Aumento do número de pessoas que moram sozinhas;
  • Solução para morar em bairros mais valorizados pagando menos;
  • Localização em bairros centrais (ótimo para pessoas que não querem gastar horas no trânsito);
  • A rentabilidade do aluguel é maior para imóveis pequenos;
  • A incorporadora pode vender mais unidades por lançamento;
  • Algumas cidades limitam número de garagens por empreendimento, e donos de studios aceitam mais facilmente unidades sem vaga.

 

Economizar tempo é uma das vantagens

Os principais beneficiados por apartamentos compactos são mais jovens, estudantes, pessoas que se divorciaram e trabalhadores de outras cidades. Pessoas com esse perfil costumam abrir mão do espaço em troca de preços mais baixos, boas localizações e, é claro, a praticidade gerada por esses fatores.

Menos espaço privativo não significa menos estrutura, uma vez que as construtoras de apartamentos compactos investem em áreas compartilhadas, como lavanderia e espaços de coworking ambientes que ajudam a facilitar a rotina de quem opta por menos m².

 

Ótimo investimento

Além do público jovem e solteiro, investidores também são beneficiados com a grande oferta de imóveis compactos. Segundo dados do índice FipeZap, de julho de 2017, imóveis de até um dormitório eram os mais rentáveis no país para alugar. Enquanto as unidades mais espaçosas, de quatro quartos, tinham retorno de 0,31%, as menores tinham ganho de 0,40%. O cálculo se dá pela divisão do valor de venda do imóvel pelo preço do aluguel. Quanto maior o aluguel em relação ao preço, maior o retorno para o investidor.

 

Gostou de saber mais sobre essa tendência? Nós, da Verti Imóveis, achamos os apartamentos compactos muito versáteis! Que tal vir conversar conosco e conhecer alguns dos melhores imóveis da categoria disponíveis em São Paulo? Vamos adorar mostrar todos eles!